LECTIO DECIMA

Concordância do verbo sum

Predicativo: substantivo ou adjetivo.

Substantivo: a concordância dá-se em caso.
Adjetivo: a concordância dá-se em caso, gênero e número.

Exemplos:

Petrus est bonus. Maria est bona. Pedro é bom. Maria é boa.
Viri sunt praesidium patriae. Os homens são a defesa da pátria.
(viri, subst. plural, nom. masc.), (praesidium, nom. sing. neutro).

Predicativo

seres animados de gêneros diferentes, prevalece o masculino.

Exemplo:
Vilicus et vilica sunt expediti (o caseiro e a caseira são expeditos).

seres inanimados de gêneros diferentes, a concordância dá-se com o neutro plural.

Exemplos:
Lectus et sella sunt lignea. A cama e a cadeira são de madeira.
Veri ami pauci sunt. Amigos verdadeiros são poucos.
Poetae parcas agricolarum mensas laudant. Os poetas louvam as mesas frugais dos agricultores.
Pugnae ruinarum magnarum causa sunt. As batalhas são a causa das grandes ruínas. Modestam agricolarum vitam amo. Eu amo a vida modesta dos agricultores.
Multorum malorum, domine, causa es. És a causa de muitos males, senhor.
As mesas de muitos senhores são frugais. Mensae dominorum multorum parci sunt. Os verdadeiros amigos são tesouro para a pátria. Amici veri thesaurus patriae sunt.
Os romanos foram discípulos dos gregos. Romani discipuli Graecorum fuerunt.
O lobo devora o teu e o meu cordeiro. Lupus agnum te et me devorat.
Tínhamos sido bons amigos dos agricultores. Agricolis amicos bonos fueramus.

2 comentários:

daimon disse...

Olá, não seria... "Lupus meum teum agnum devorat" ? Por que meos e teos se não é acusativo plural? Abraços. Aliás, muito boa a página

José Fernando Nandé disse...

Nem sempre esses pronomes se usam como em português: se agnum é o acusativo, temos que usar os pronomes que se referem a ele também no acusativo.
Tentem organizar a frase deste modo:
O lobo devora o meu carneiro e o teu carneiro.
A palavra carneiro está valendo para ambos pronomes.